Pássaros venenosos existem? Quem são eles?

0

Pássaros Venenosos? Não se imagina que um pequeno animal com aparência inofensiva e que encanta pela sua beleza  possa ser venenoso, certo? Porém, existem espécies de pássaros que também possuem veneno e podem afetar de forma grave o ser humano. Você sabia disso?

Neste artigo vamos ver que pássaros são esses, que tipos de venenos oferecem riscos para o homem e onde estão localizadas tais aves.

Pássaros venenosos

Quando pensamos em animais venenosos, logo nos vem à mente escorpiões, cobras, aranhas e até mesmo sapos, não é? Porém, cientistas descobriram que algumas aves também apresentam venenos agressivos e que podem ser letais, inclusive ao homem.

Essas descobertas da ciência vieram a comprovar o conhecimento empírico já existente das populações nativas de cada local onde estas espécies foram identificadas. Com isso, ainda demonstram que a natureza pode nos surpreender a cada momento.

A característica dos venenos identificados até o momento é de que essas aves não atingem seus possíveis agressores por seus bicos, mas sim por liberarem veneno através de suas penas, o que representa um perigo maior.

Pitohui-Capuz: quem é ele?

Pitohui-Capuz

Reprodução: Google

A espécie mais letal encontrada até agora é a do gênero Pitohui-Capuz, que tem três espécies, entre as seis catalogadas, que possuem potencial tóxico.

Conhecido como pássaro do lixo, vive em florestas tropicais, com uma maior frequência na Papua Nova Guiné, na Oceania. Os pássaros dessa espécie têm variações de coloração de penas e seu veneno é mais ativo em pássaros com cores mais vibrantes.

O envenenamento ocorre ao tocar as penas da ave e levar a boca, olhos, narinas e feridas. A substância liberada possui a característica de provocar paralisia no corpo, causando parada cardíaca e grande risco de morte.

Estudos demonstraram que essa característica se manifesta na ave, devido à sua alimentação, por usar em sua dieta alimentar os besouros Melyriadae, que possuem uma toxina nociva.

O País com a maior quantidade de pássaros venenosos

Papua Nova Guiné é o país que concentra os pássaros venenosos até agora identificados no planeta.

Porém, Colluricincla Megarhyncha, outra ave encontrada na Nova Guiné também habita a Indonésia e Austrália, mas ainda não ocorreram relatos de identificação de venenos nas aves desses locais.

E existem identificações de aves venenosas no continente africano e até na Europa.

Os pássaros venenosos já identificados

Até o momento foram identificados 5 animais em Papua Nova Guiné , veja:

Ifrit – Ifrita kowaldi, com uma coroa de penas azuis e pretas e plumagem de cor marrom amarelada, também se alimenta de besouros com toxina e causam danos um pouco inferiores que o Pitohui-Capuz. Conhecido como pássaro amargo, vive em florestas montanhosas com muita umidade.

Ifrit

Reprodução: Google

Pequena Shrike-Thrush – encontrado na Nova Guiné, Indonésia e Austrália, possui um veneno bastante intenso, semelhante ao encontrado em anfíbios venenosos da América do Sul e Central.

Pequena Shrike-Thrush

Reprodução: Google

Pato Ferrão – o maior ganso selvagem do mundo, é encontrado em planícies do continente africano e contrai o veneno por se alimentar de besouros tóxicos o que torna sua carne mortal e, dessa forma, imprópria para consumo.

Pato Ferrão

Reprodução: Dicionário informal

Codorniz – Codorna Europeia vive na Europa, sendo utilizada como um prato bastante apreciado; porém, possui toxinas que já afetaram algumas pessoas, que apresentaram vertigem, espasmos ou adquiriram rabdomiólise, entupimento do fluxo da corrente sanguínea, podendo levar à morte.

Codorniz

Reprodução: Google

Little Shrikethrush (colluricincla megarhyncha) – vive na Papua Nova Guiné, tem penas verdes-oliva e marrom, com pele cinza em seus pés e pernas. Comparativamente às outras espécies, é a que apresentou menor nível de veneno no corpo.

Little Shrikethrush (colluricincla megarhyncha)

Reprodução: Google

Como vimos, a natureza pode apresentar surpresas para todos e é sempre bom ter cuidado ao se dirigir para países mais inexplorados, visando conhecer melhor as tradicionais e precauções a se tomar nestas regiões. Assim, não precisa correr riscos desnecessários.

Você conhece alguma outra ave tóxica? Conte para a gente nos comentários!

O que achou da postagem? Deixe seu comentário.

Compartilhar.

Sobre o autor

O 1º Portal para criadores e apaixonados por pássaros.

Comentários estão fechados.