Pássaros com hábitos noturnos: conheça alguns deles

0

Apesar de ouvirmos o som dos passarinhos durante o dia, há aves que apresentam hábitos noturnos.

Para que essas aves sejam adaptadas à escuridão, elas têm algumas características peculiares, como pupilas que se dilatam bastante para captar qualquer fragmento de luz do ambiente, maior capacidade de captação de sons, entre outras.

Vamos conhecer algumas dessas aves?

Coruja

Reprodução: Estudo dos animais

A coruja é um animal interessante e peculiar. Essas aves são encontradas em todos os continentes, menos na Antártida. Existem cerca de 210 espécies de corujas, sendo que 24 dessas espécies já foram observadas no Brasil.

A audição das corujas é 50 vezes mais sensível do que a do homem. Isso significa que essas aves são capazes de ouvir sons muito sutis, podendo captar sons a longas distâncias.

Além disso, a coruja caça de forma silenciosa, dificilmente sendo notadas por suas presas, que são engolidas por inteiro! Esse animal se alimenta de pequenos roedores e aves. As partes de suas presas que não podem ser digeridas (como pelos e ossos) são regurgitadas. Possuem bicos curvos e garras muito fortes com unhas encurvadas e afiadas para capturar e matar as presas.

As corujas desempenham um importante papel para a manutenção do equilíbrio ecológico, pois evitam a superpolução de outras espécies de animais e eliminam os indivíduos mais frágeis e debilitados.

Urutau

Reprodução: G1

O urutau, também conhecido como mãe-da-lua ou ave-fantasma, é uma ave solitária. Durante o dia, permanece totalmente imóvel sobre um tronco e a noite ecoa um canto melancólico, que mais parece um lamento humano.

Essa ave tem uma cabeça chata, olhos grandes e amarelos. A boca é “rasgada” de tal forma que alcança a região posterior dos olhos. Uma curiosidade é que esse animal tem duas fendas na pálpebra superior, que permitem que ele observe o ambiente, mesmo de olhos fechados.

O urutau se alimenta de insetos, que apanha em pleno voo. Essa ave vive em florestas, campos e cerrados. Sua plumagem é castanho acizentada e fica disfarçado na paisagem, podendo ser confundido com um galho.

Curiango

Reprodução: Google

O curiango é uma ave que apresenta plumagem com coloração pardo-amarelada. Vive em matas e florestas. Seus ninhos são feitos diretamente no solo (e não nos galhos das árvores). Esse animal se camufla facilmente nas folhagens do chão das matas.

Durante o dia é muito difícil ver o curiango, pois ele se espanta e voa curtas distâncias, se embrenhando pela mata.

Além disso, essa ave é uma exímia caçadora de insetos: o curiango voa com o bico aberto, devorando suas presas.

Noitibó-da-Europa

Reprodução: Google

O noitibó-da-Europa, como o próprio nome diz, é uma ave que vive na região europeia. Em Portugal, está havendo um declínio das populações desse animal devido à destruição de seus habitats naturais.

O noitibó se alimenta de insetos, especialmente mariposas e escaravelhos. Captura suas presas durante o crepúsculo, ao anoitecer e amanhecer. A captura dos insetos é feita por meio de voos rasantes.

Essas aves têm comportamento não gregário, ou seja, juntam-se em pequenos grupos somente para migrarem.

Você conhece outras aves com hábitos noturnos? Conte para a gente nos comentários!

O que achou da postagem? Deixe seu comentário.

Compartilhar.

Sobre o autor

O 1º Portal para criadores e apaixonados por pássaros.

Comentários estão fechados.