Quais são os tipos de sons emitidos por aves e para que servem?

0

Os sons emitidos por aves é uma das manifestações da natureza que mais encantam o homem. Para os pássaros, a vocalização tem um papel muito importante para a interação social e o cortejo.

Por meio do timbre e maneira da vocalização é possível, muitas vezes, fazer a distinção entre as famílias e até mesmo entre as espécies de aves.

Nesse post, você ficará sabendo mais sobre alguns dos diferentes tipos de sons emitidos por aves. Ficou curioso? Então não deixe de conferir!

1. Canto

O canto é um tipo de som mais elaborado, sendo composto por notas mais complexas. O canto das aves é muito apreciado pelo ser humano.

Alguns dos mais melodiosos cantos de pássaros são os do uirapuru,  trinca ferro, corrupião, canário, entre outros.

Em muitas espécies, o canto é aprendido quando a ave é jovem. Em alguns casos, os indivíduos jovens precisam ouvir o canto dos adultos (como é o caso do canário-terra e do curió), mas há também casos em que a ave canta sem nunca ter escutado outro canto da espécie antes, ou seja, de forma inata.

2. Chamado ou apelo

Os chamados ou apelos são vocalizações curtas e repetitivas, que podem ter sonoridade mais grave em situações de uma possível ameaça.

Esse tipo de som é muito utilizado na comunicação entre os pais e seus filhotes e também com os outros membros do bando.

3. Dueto vocal

O dueto vocal é um tipo de vocalização na qual um casal de aves canta de forma alternada, mas de maneira que parece que apenas uma ave está cantando.

Como exemplo de aves que fazem dueto vocal (em que as fêmeas cantam), temos o joão-de-barro, o bem-te-vi, a saracura-do-brejo e a seriema.

4. Canto de madrugada

Os cantos de madrugada são emitidos, geralmente, por aves que apresentam hábitos noturnos. No entanto, aves que têm hábito diurno podem cantar de madrugada na época reprodutiva.

Além disso, esse tipo de vocalização pode ocorrer como uma forma de ensinar os filhotes a cantar. O momento da madrugada é mais propício para que os pais ensinem seus filhotes a cantar porque evita chamar a atenção de possíveis predadores.

5. Dialetos

Os dialetos são variações que ocorrem nas características do canto das aves. Essas variações podem ocorrer devido a diversos fatores.

Fatores ecológicos, como ambientes fechados (no caso de florestas, por exemplo) favorecem cantos de baixa frequência e com poucas repetições de notas. Por outro lado, em ambientes mais abertos, cantos com frequência mais alta e com notas repetitivas são mais eficientes para a comunicação.

Outro fator que pode ser responsável pela ocorrência de dialetos nos cantos das aves é se a espécie tem hábito sedentário ou migratório.

Aves que são migratórias ou seminômades tendem a improvisar e inventar cantos, apresentando maior plasticidade na aprendizagem de vocalizações. As aves que vivem de forma sedentária imitam os cantos dos outros indivíduos do bando com maior fidelidade.

Você sabe de mais algum outro tipo de som das aves? Conte para a gente nos comentários!

O que achou da postagem? Deixe seu comentário.

Compartilhar.

Sobre o autor

O 1º Portal para criadores e apaixonados por pássaros.

Comentários estão fechados.