Compartilhar.

Para ser bem sucedido na criação de pássaros é preciso ter alguns cuidados com o manejo das aves, a fim de evitar doenças e prolongar a vida dos animais.

Nesse post, você ficará sabendo alguns erros que não podem ser cometidos na criação de aves. Confira!

1. Alimentar as aves com apenas um tipo de alimento

Assim como o homem e outros animais, as aves também precisam de ter uma alimentação balanceada para obter todos os nutrientes necessários para se desenvolverem.

Por isso, não é adequado alimentar os bichinhos apenas com um tipo de alimento (como alpiste ou outro tipo de grão). O ideal é utilizar uma ração de boa qualidade, que tenha grande variedade de nutrientes.

2. Suplementar a alimentação das aves com ferro no período de muda de penas

Apesar de muitos criadores acreditarem que é preciso fazer a suplementação da alimentação das aves com ferro durante a fase de muda das penas, esse não é um procedimento adequado.

Esse tipo de suplementação, feita de forma equivocada, pode levar a doenças como a hemocromatose, que pode causar hepatomegalia (aumento no tamanho do fígado), cardiomegalia (aumento no tamanho do coração), perda de peso, distensão abdominal, fraqueza, entre outros sintomas.

3. Esquecer de fazer a limpeza dos viveiros e bebedouros

Fazer a limpeza periódica do ambiente em que as aves são criadas (tanto dentro das gaiolas quanto na área externa) é fundamental para a boa saúde dos animais.

Além disso, deve-se trocar a água dos bebedouros e retirar restos de alimentos para evitar a proliferação de fungos e bactérias que podem causar doenças.

4. Ter apenas poleiros retos nas gaiolas

Usar apenas poleiros retos dentro das gaiolas faz com que a ave se exercite menos, e isso pode implicar na atrofia muscular do animal.

Então, inclua dentro das gaiolas ou viveiros poleiros inclinados, para que os bichinhos possam trabalhar a maior parte dos músculos corporais.

5. Cobrir as gaiolas com capas nos períodos de muda de penas

Alguns criadores acreditam que durante a fase de muda de penas deve-se cobrir as gaiolas com capas.

No entanto, esse tipo de procedimento não é indicado pelos veterinários, pois a capa deixa o ambiente escuro e abafado, o que não é apropriado para a saúde das aves.

6. Não tirar das gaiolas a água usada pelas aves para tomar banho

É preciso sempre retirar da gaiola a água que as aves usaram para tomar banho. Isso deve ser feito para que o animal não beba água suja, o que pode causar várias doenças.

7. Utilizar gaiolas muito pequenas para o tamanho da ave

O tamanho da gaiola precisa ser adequado ao tamanho de cada ave. Restringir o ambiente da ave pode levar a problemas de comportamento e saúde.

8. Deixar as gaiolas em ambientes mal arejados

As gaiolas e viveiros devem ficar em ambientes bem arejados para prevenir a proliferação de bactérias e fungos que podem causar doenças.

Você sabe mais algum erro que não podem ser cometidos na criação de aves? Conte para a gente nos comentários!

O que achou da postagem? Deixe seu comentário.

Compartilhar.

Sobre o autor

O 1º Portal para criadores e apaixonados por pássaros.

Comentários estão fechados.