Diamante de Gould

0

O Diamante-de-Gould

Colorido passeriforme originário da Austrália, cujo nome científico Chloebia gouldiae ou Erythrura gouldiae. Atualmente há fortes evidências que demonstram que sua população tem vindo a decrescer, até mesmo no norte da Austrália, onde a sua concentração populacional é maior, de modo que em 1992 foi classificado sob os critérios da IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza) como “ameaçado de extinção em seu estado selvagem”. Entretanto, seu número absoluto é pouco preocupante, uma vez que é intensivamente difundido nas criações em cativeiro por avicultores de todo mundo.

Essa espécie foi descoberta pelo ornitólogo britânico John Gould em 1844, sendo depois nomeado como “Diamante Gould” por sua esposa Elizabeth Gould.

É uma ave tranquila e serena, vivendo em bandos e coexistindo pacificamente com outras espécies que sejam de semelhante comportamento.

Na natureza apresenta-se sob três formas: diamante de gould de cabeça vermelha, preta ou laranja. No entanto, pode ser encontrado atualmente em cativeiro com diversas colorações, decorrentes de mutações desenvolvidas em sucessivos cruzamentos.

Referência: Frank Gill & David Donsker (Eds) (8 de janeiro de 2017). «Waxbills, parrotfinches, munias, whydahs, Olive Warbler, accentors & pipits» (em inglês). Consultado em 15 de fevereiro de 2017

Diamante de Gould

Fonte: Wikipedia

O que achou da postagem? Deixe seu comentário.

Compartilhar.

Sobre o autor

O 1º Portal para criadores e apaixonados por pássaros.

Comentários estão fechados.