Compartilhar.

Segundo o Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos (CBRO), temos mais de 1.800 espécies diferentes de aves no território brasileiro.

Cada espécie apresenta características e particularidades mais apropriadas ao habitat em que vivem.

Existem algumas espécies de aves, no entanto, que nos encantam pela aparência! Nesse post, você irá descobrir quais são as sete espécies de aves mais bonitas do Brasil.

Saíra-sete-cores

A saíra-sete-cores é uma ave passeriforme da família Thraupidae. Pode ser encontrada por toda a Mata Atlântica, desde o sul da Bahia até o Rio Grande do Sul, sendo mais comum no litoral.

É um pequeno pássaro, mas considerado um dos mais bonitos do Brasil devido à sua plumagem multicolorida e brilhante.

Uma curiosidade é que, apesar do nome popular fazer referência à sete cores, são apenas cinco as cores presentes em sua plumagem.

Galo-da-serra-do-pará 

O galo-da-serra-do-pará (Rupicola rupicola) é uma ave passeriforme da família Cotingidae, sendo considerado umas das aves mais belas do continente americano.

No Brasil, essa espécie habita regiões montanhosas e florestais nos estados do Amazonas, Pará e Roraima.

Os machos possuem uma exuberante plumagem alaranjada, com crista proeminente, em forma de meia-lua, que cobre o bico. O ritual de cortejo, para a escolha dos pares, é um espetáculo extraordinário.

Tucano

Os tucanos são aves que pertencem à família Ramphastidae, que é composta por cerca de 30 espécies diferentes.

Uma característica marcante das aves dessa família é a presença de um bico córneo na cor alaranjada, com uma mancha negra na ponta, que mede cerca de 20 centímetros.

As principais espécies de tucanos são o tucanuçu (Ramphastos toco), que habita o Cerrado e a Mata Atlântica; o tucano-grande-de-papo-branco (Ramphastos tucanus), presente na região amazônica; o tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus), encontrado na Amazônia e nos estados de Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso, Pernambuco e Alagoas; e o tucano-de-bico-verde (Ramphastos dicolorus), presente nas regiões sul e sudeste do Brasil e também no sul do estado de Goiás.

Arara

As aves conhecidas popularmente como araras são de grande porte e pertencentes à família Psittacidae.

No Brasil são encontradas várias espécies de araras, entre elas a arara-canindé (Ara ararauna), arara-vermelha-grande ou ararapiranga (Ara chloropterus) e a arara-azul (Anodorhynchus hyacinthinus).

As araras geralmente habitam florestas, sendo encontradas no Pantanal, na Floresta Amazônica e na região da Mata Atlântica.

Saí-azul 

O saí-azul é uma ave passeriforme, da família Fringillidae, e cujo nome científico é Dacnis cayana. 

Pode ser encontrado em todos os estados brasileiros, habitando matas ciliares, plantações, e o interior de matas e jardins.

Essa espécie apresenta dimorfismo sexual acentuado. O macho é azul e negro, com as pernas vermelho-claras, enquanto a fêmea é verde, com a cabeça azulada e pernas alaranjadas.

Juruva

Também conhecida como udu, essa ave pertence à família Momotidae. Em território brasileiro ocorrem os gêneros BaryphthengusElectron e Momotus.

Essa ave é encontrada em áreas de vegetação na América do Sul. Sua penugem é extremamente suave e colorida, tendo como característica marcante a cauda longilínea, que se move para qualquer direção.

Cardeal-de-topete-vermelho

O cardeal-de-topete-vermelho (Paroaria coronata) pertence à família Emberizidae e é encontrado nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul. Foi introduzido na região sudeste, principalmente no estado de São Paulo.

Apresenta a cabeça vermelha, com topete, além de dorso cinza e ventre branco. Não há dimorfismo sexual nessa espécie, ou seja, machos e fêmeas possuem tamanho e penugem parecidos.

Você conhece outra espécie de ave brasileira que se detaca pela bela aparência? Conte para a gente nos comentários.

O que achou da postagem? Deixe seu comentário.

Compartilhar.

Sobre o autor

O 1º Portal para criadores e apaixonados por pássaros.

Comentários estão fechados.